Copa do mundo: 23 frases de Nelson Rodrigues para inspirar a sua torcida

O Frases de livro também está em clima de Copa do Mundo. Para você engrossar o coro da torcida brasileira inspirado, selecionamos 23 frases de Nelson Rodrigues sobre futebol, todas do livro À sombra das chuteiras imortais. Neste clássico do futebol, Nelson não fala sobre as táticas do esporte, mas das humanidades e curiosidades que cercam a pelota. Há quem diga que o futebol imortalizado por Nelson não exista mais, mas as sutilezas e os assuntos dos quais ele trata seguem sendo imortais. Muitas das frases, que você confere aqui, também estão disponíveis na seção Frases comemorativas, em cards formatados, para você compartilhar com a galera. Nós, aqui do Frases, achamos que as crônicas de Nelson Rodrigues sobre futebol não são apenas imortais, mas atuais. E daríamos tudo para ter Nelson transformando em crônica esta copa de 2022! E você? Enquanto o Hexa não vem, vamos torcer?

 

“[…] o futebol brasileiro, jogando o que sabe, observando as suas verdadeiras características, é o melhor do mundo.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 35

 

“É uma goleada e vamos e venhamos: — qualquer goleada promove duas vítimas: — o que perde e o que ganha. Basta folhear a história do futebol.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 31

 

“Para nós (brasileiros), o futebol não se traduz em termos técnicos e táticos, mas puramente emocionais.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 29

 

“[…] sabemos que a humilhação, a grande e irresgatável humilhação, confere […] aos times uma dimensão nova, uma potencialidade irresistível. “

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 32

 

“Sim, amigos: — somos (os brasileiros) uns Narcisos às avessas, que cospem na própria imagem.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 35

 

“Nas vitórias fáceis, o derrotado parece, logicamente, fora de forma física, técnica e, até, moral. Pois claro! Tudo o que o vencido faz sai mal, torto, falho.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 34

 

“O medo é um grande e eficaz nivelador”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 22

 

“Falei em craque, mas, em tempo, retifico: — era um perna-de-pau.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 24

 

“Eis o fato: — a partida foi um show pessoal e intransferível.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 15

 

“Futebol que se caracteriza por uma implacável honestidade.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 45/46

 

“Ora, nada se compara ao ódio que, de momento, açula o torcedor sempre que o adversário põe um gol como um ovo. “

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 46

 

“[…] o jogador é, antes de tudo, um homem e que, nessa base, a condição humana está implicada em todos os seus defeitos e virtudes.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 53

 

“Estão a postos os jogadores, o técnico e o massagista. Mas quem ganha e perde as partidas é a alma.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 29

 

“A vida dos homens e dos times depende, às vezes, de episódios quase imperceptíveis.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 36

 

“Nos primeiros trinta minutos, houve tudo, rigorosamente tudo, menos futebol.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 16

 

“[…] o futebol antigo. Era, a meu ver, um fenômeno vital muito mais rico, complexo e intrincado.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 18

 

“[…] a bola tem um instinto clarividente e infalível que a faz encontrar e acompanhar o verdadeiro craque. “

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 15

 

“Hoje, os jogadores, os juizes e os bandeirinhas se parecem entre si como soldadinhos de chumbo.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 18

 

“O craque brasileiro não sabe ganhar partidas sem o incentivo constante dos rijos e imortais palavrões da língua.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 20

 

“Hoje, os jogadores, os juizes e os bandeirinhas se parecem entre si como soldadinhos de chumbo.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 18

 

“Ninguém é modesto no futebol.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 26

 

“Eis a verdade: — o que sustenta, o que nutre, o que dinamiza o futebol é a vaidade.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 26

 

“Só o juiz de futebol lava as mãos diante do irresponsável furor coletivo.”

Nelson Rodrigues 

À sombra das chuteiras imortais, por Ruy Castro, p 23

COMPARTILHE:

Comentários

0 Comentários

Usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação em nossa página, a partir de sua interação com a gente. Ao utilizar nosso site, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Queremos que você se sinta confortável, então, se quiser ter mais informações sobre como isso é feito, acesse nossa Política de Privacidade e Cookies. Você também pode definir suas preferências clicando em Configurar ou Rejeitar. Política de Privacidade e Cookies

Configurar ou Rejeitar Aceitar todos